Hypochlorous Acid

HOCl

Um oxidante que o corpo humano produz para proteger e curar, aprenda agora o porque de ser considerado um assassino de germes da natureza. 

Sobre ácido hipocloroso - HOCl 

O que é ácido hipocloroso? 

Fatos rápidos 

  • HOCl é a fórmula científica para o ácido hipocloroso, um ácido fraco semelhante ao de um leve suco cítrico. 
  • O HOCl é produzido naturalmente pelos glóbulos brancos em todos os mamíferos para cura e proteção. 
  • O HOCl é um poderoso oxidante que é eficaz contra bactérias, fungos e vírus invasores. 
  • A geração do HOCl acontece por meio da eletricidade usando uma solução de água salgada, que foi descoberta na década de 1970. 
  • O HOCl é agora usado em saúde, segurança alimentar, tratamento de água e saneamento geral. 
  • Como o ácido hipocloroso é feito? 

    História da Eletrólise 

  • Michael Faraday descobriu a lei da eletrólise tornando - a comercialmente disponível na década de 1870. 
  • A geração de HOCl ocorre a partir da ativação eletroquímica (ECA) da água salgada fato descoberto na década de 1970. 
  • A tecnologia ECA inicial usava membranas para forçar a água salgada em duas soluções de HOCl e NaOH. 
  • Na década de 1980, foram desenvolvidos sistemas de fluxo único que produziam uma solução de HOCl sem subproduto. 
  • Recentemente, os sistemas de fluxo único foram inovados para durar mais e gerar soluções mais estáveis. 
  • Porque o HOCL é mais eficiente em matar potógeno? 

    Ácido hipocloroso (HOCl) vs. Hipoclorito de sódio (alvajante de cloro). 

    O íon de hipoclorito carrega uma carga elétrica negativa, enquanto o ácido hipocloroso não carrega carga elétrica. O ácido hipocloroso se move rapidamente, capaz de oxidar as bactérias em questão de segundos, enquanto o íon hipoclorito pode demorar até meia hora para fazer o mesmo. Superfícies de germes carregam uma carga elétrica negativa que resulta em uma repulsão do íon de hipoclorito carregado negativamente na área das superfícies do germe, tornando o íon hipoclorito menos eficaz em matar germes. A relação dos dois compostos é determinada pela acidez relativa (pH) da água. Especialistas em tratamento de água podem ajustar o nível de pH para tornar o ácido hipocloroso mais dominante, tornando mais eficiente em matar bactérias. A falta de carga elétrica do ácido hipocloroso permite que ele penetre de forma mais eficiente as barreiras de proteção que envolvem os germes. 

    Uso doméstico do HOCl 

      Uso doméstico do Sistema de Eletrólise. 
    Existem vários sistemas domésticos de eletrólise desenvolvidos que podem gerar ácido hipocloroso estável usando sal de cozinha e água. O vinagre destilado é às vezes adicionado para diminuir o pH, permitindo uma solução de cloro livre mais dominada pela molécula de ácido hipocloroso. Ao escolher um sistema doméstico, um fator importante a considerar é a qualidade da célula eletrolítica. Sistemas de alta qualidade podem ter um custo mais alto, porém durarão muito mais devido à durabilidade das ligas nos metais usados ​​para fazer as células. 

      Quais são os benefícios? 
    Ácido hipocloroso diferente do alvejante cloro é 100% seguro e não irritante em caso de contato com a pele os nos olhos, não haverá irritação ou queima. Mesmo em caso de ingestão é completamente inofensivo. Sim, isto é 70-80 vezes mais eficiente em matar patógeno microbiano do que alvejante cloro. 

      Aonde pode ser usado? 
    Em casa, o ácido hipocloroso é útil em qualquer lugar que você precise de um desinfetante, mas não se sinta à vontade com o uso de produtos químico tóxico. Um exemplo perfeito está na cozinha, ao invés de enxaguar as folhas verdes com água, use ácido hipocloroso ou em itens pessoais, como escovas de dentes ou lâminas de barbear, o ácido hipocloroso é seguro. Quer higienizar roupas sem danificar ou descolorir? Ácido hipocloroso é a resposta. 

    Embora o ácido hipocloroso geralmente não cause branqueamento ou descoloração, alguns corantes de menor qualidade podem modificar - se quando expostos ao ácido hipocloroso.

    Uso comercial de HOCl 

      Eletrólise de Membrana Celular 
    A tecnologia por trás da geração de ácido hipocloroso evoluiu muito nos últimos 20 anos. O mercado era dominado pela eletrólise de células de membrana que usava altas pressões para tornar a água salgada em duas correntes separadas, uma corrente ácida e uma corrente alcalina. A corrente ácida conteria ácido hipocloroso (HOCl), o anólito ou agente oxidante, e a corrente alcalina conteria hidróxido de sódio (NaOH), o católito ou agente redutor. O benefício desses sistemas foi que duas soluções úteis foram geradas, um desinfetante e um desengordurante. A desvantagem desses sistemas era que eles eram caros, exigiam alta manutenção e geravam soluções instáveis que perdiam seu potencial de redução de oxidação (ORP) em um curto período de tempo. 

      Eletrólise de Célula Única. 
    Com o desenvolvimento da eletrólise de célula única, muitos desses obstáculos foram superados. A eletrólise de célula única não usa altas pressões através de uma membrana, portanto, pouca ou nenhuma manutenção é necessária. É porque a eletrólise de célula única não força a água salgada em duas correntes de potencial oposto de oxidação e pH oposto, uma solução mais estável é gerada, uma solução que não procura recuperar um equilíbrio. Sistemas de célula única geram apenas uma solução, um anólito na faixa de pH de 5 a 7. Esta faixa de pH é ideal para o ácido hipocloroso no que diz respeito à estabilidade e eficácia como um desinfetante. 

    O aço inoxidável também pode corroer se submerso em altas concentrações de ácido hipocloroso (> 200 ppm) por longos períodos de tempo.

    Segurança Alimentar 

    A maioria das pesquisas que foram feitas com relação às aplicações práticas do ácido hipocloroso tem sido no campo da segurança alimentar. Desde que a Lei de Modernização da Segurança Alimentar (FSMA) foi sancionada em 2011, o foco da segurança alimentar mudou de resposta à contaminação para impedi-la. Provavelmente não há sanitizante de alimentos mais pesquisado e mais compreendido do que o ácido hipocloroso. A pesquisa demonstra claramente que o ácido hipocloroso é seguro e eficiente para garantir que as contagens microbianas sejam mantidas abaixo dos níveis infecciosos nos alimentos e nas superfícies de contato. 

      Sanitização de superfície 

      Ácido Hipocloroso vs. Amônio Quaternário 
    O ácido hipocloroso tem vantagens sobre produtos químicos, como o âmonio quarténario , quando sanitiza superfícies de contato com alimentos, porque os Quats não são seguros para a alimentação. Antes de limpar com amônio quaternário , todos os alimentos devem ser removidos da área antes que o saneamento possa ocorrer. Isto não é necessário quando se utiliza ácido hipocloroso. O ácido hipocloroso pode ser usado continuamente durante todo o dia de trabalho, independentemente de a comida estar exposta. 

      Saneamento Direto de Alimentos 

      Ácido hipocloroso vs. Ozônio 
    O ácido hipocloroso tem vantagens sobre o ozônio. O ozônio é um gás e não é estável em solução, portanto não pode ser usado para higienizar superfícies de contato. No entanto, o ozônio é utilizado para o saneamento de alimentos, mas deve ser continuamente regenerado, uma vez que, esta, continuamente deixa a solução no ar. Sendo que o ozônio é um irritante para os pulmões e vias respiratórias, o ozono é limitado nas concentrações que podem ser usadas, limitando assim o potencial de oxidação que pode ser obtido para matar patógenos microbianos. Ácido hipocloroso não é irritante e também é uma solução estável. O ácido hipocloroso pode ser usado em altas concentrações (60 ppm) para higienização de alimentos sem requerer um pós-enxágue. 

    A Notificação de Contato com Alimentos da FDA 1811 permite que o ácido hipocloroso seja usado em frutas e legumes crus ou processados, peixes e frutos do mar, carnes, aves e ovos com casca em até 60 ppm. Sanitizing Leafy Greens
     EcoloxTech
       Learn more about HOCl